Bem Vindos/as
O município de Nazaré da Mata, localizado na Zona da Mata de Pernambuco, a 65 quilômetros do Recife, é conhecido como a Terra do Maracatu. O maracatu rural que ganha às ruas de muitas cidades pernambucanas na época de carnaval, levando muito brilho e alegria, foi se popularizando em toda a Zona da Mata pernambucana. Hoje, homens e mulheres que trabalham arduamente nos canaviais de Nazaré da Mata, no carnaval se transformam nos integrantes dos maracatus. É uma forma de manter a tradição. Uma maneira de provar que a coletividade dá bons resultados. Um jeito alegre de demonstrar superação.

E na Terra do Maracatu, falar em superação é falar também da Associação das Mulheres de Nazaré da Mata – Amunam. Uma Associação que nasceu do desejo de se lutar pelos direitos das mulheres, o que inclui a devida ocupação do espaço social, a informação e a formação, o respeito e a dignidade.

Primeira organização de mulheres da sociedade civil da Zona da Mata do Estado, a Amunam foi gerada a partir da insatisfação das mulheres com a realidade em que viviam. Elas eram apenas 19 e decidiram que não queriam mais estar à parte de processos e decisões que lhes diziam respeito. E de conversa em conversa, as mulheres foram se unindo, plantando ideias, regando sonhos, trabalhando para transformar a insatisfação em desejo de lutar. E foi assim, no dia 23 de janeiro de 1988, que foi fundada a Amunam. E o que define essa Associação? Do ponto de vista legal, ela é definida como uma entidade sem fins lucrativos, titulada como organização de utilidade pública municipal, estadual e federal. Mas, o que de fato significa a Amunam para as mulheres, você pode conferir, percorrendo as páginas deste livro, nas linhas e entrelinhas, nos depoimentos e nas histórias contadas.

Jornal Mulher Cidadã nº 30
Amunam - Associação das Mulheres de Nazaré da Mata
Rua Cel. Manoel Inácio, 129, Centro - Nazaré da Mata-PE, CEP: 55800-000, Fone: (81)3633-1008